English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

18º Encontro Diocesano de Sementes Crioulas

01 de agosto de 2018

Apostando na diversificação de cultivos com a agrologia, o encontro disseminou esperança e solidariedade.

Semana passada, 18/7, a Comissão Pastoral da Terra e a Ação Social Diocesana de Santa Cruz do Sul – ASDISC/Cáritas-RS realizaram o 18º Encontro Diocesano de Sementes Crioulas. O encontro, que aconteceu no salão comunitário da Paróquia Nossa Senhora de Czestochowa da cidade de Dom Feliciano, contou com a presença do Bispo Dom Aloísio Dilli, Frei Albano, presidente da ASDISC, e outras autoridades locais. Estiveram presentes mais de 500 pessoas, agricultoras e agricultores, com destaque para a expressiva participação de jovens. O Tema deste ano “Sementes Crioulas – Diversificação de Cultivos com Agroecologia” trouxe a reflexão sobre as alternativas possíveis para diversificar as monoculturas de plantio, possibilitando aos pequenos agricultores o seu sustento sem danificar o meio ambiente, garantindo a permanência no campo para as gerações futuras.

Os alunos da Escola de Jovens Rurais participaram do momento de espiritualidade.

A Diocese de Santa Cruz está localizada em uma região que predomina a monocultura do fumo e monocultivo de eucalipto o que justifica a escolha do tema, onde o habitante rural percebe e se empodera de alternativas para trabalhar e não depender de grandes corporações do agronegócio para sobreviver. Também é importante destacar que o fomento para que a forma de plantar seja pautada nas práticas agroecológicas permitirá a saúde de quem ingere o alimento produzido, a preservação dos biomas locais e o convívio harmonioso da humanidade com a natureza.

A Diocese de Santa Cruz do Sul é protagonista na preservação das sementes crioulas. Para quem não conhece, considera-se crioula aquela semente tradicional, ou seja, a que foi mantida e selecionada por várias décadas através dos agricultores tradicionais (agricultura familiar), que não passou por nenhum processo de transgenia (mutação genética) e não apresenta traços de defensivos químicos, ou seja, uma semente natural e original.

O local que sediou o 18º Encontro ficou lotado com os participantes que buscam conhecer mais sobre as sementes crioulas e técnicas agroecológicas.

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

campanha-da-fraternidade-2019

campanha-da-fraternidade-2019

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br