English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

FAMA promove defesa da água

22 de março de 2018

Fórum alternativo reúne no Brasil organizações e movimentos sociais para combater mercantilização de recursos hídricos.

Com o objetivo de questionar a legitimidade do Fórum Mundial da Água como espaço de debate para resolver problemas sobre a utilização de recursos hídricos, o Fórum Alternativo Mundial da Água – FAMA contrapõem o evento, apontando a falta de independência, representatividade e propriedade do conselho organizador, que, comprometido com empresas, objetiva a mercantilização da água. O FAMA ocorre em Brasília, de 17 a 22 de março, na Universidade de Brasília (UnB) e em espaços descentralizados, buscando reunir mundialmente organizações e movimentos sociais que lutam em defesa da água como direito humano elementar à vida.

No FAMA 2018 estão sendo debatidos temas centrais de defesa pública e controle social das fontes de água, o acesso democrático ao recurso, a luta contra as privatizações de mananciais, as barragens e em defesa dos povos atingidos, serviços públicos de água e saneamento e as políticas públicas para o controle de seu uso e preservação ambiental, que garanta o ciclo natural da água em todo o planeta.

No dia Mundial da Água (22/3), a Cáritas RS reforça a luta contra a mercantilização desse bem tão essencial à vida compondo a delegação da Cáritas Brasileira que participou do fórum deste ano. A assessora de projetos Jacira Dias representou a Regional Rio Grande do Sul participando das atividades e por ocasião do evento foi convidada a dar uma entrevista sobre o tema para a Rádio 9 de Julho de São Paulo Capital. Em sua fala, ela destaca que a água não pode ser transformada em negócio pois se trata de um bem comum da sociedade, fundamental a sobrevivência do ser humano: “O fórum visa reivindicar este direito”, enfatiza. Para ouvir a entrevista na íntegra, clique no link.

Jacira Dias integrou a delegação da Cáritas Brasileira no FAMA 2018

Em consonância com a iniciativa do encontro, a Cáritas RS desenvolve projetos neste escopo, dentre eles, o Saneamento Básico Rural – Proteção dos Recursos Naturais que visa disseminar tecnologias sociais que empoderam recicladores, agricultores e indígenas do estado para tratamento de esgoto e aprimoramento do uso, por exemplo, da água da chuva, com a construção de cisternas para a sua captação. O resultado destas iniciativas é a promoção da saúde, sustentabilidade das famílias que vivem da agricultura e a preservação e recuperação de recursos naturais. Quase mil pessoas foram beneficiadas com a execução desta ação.

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

campanha-da-fraternidade-2018

campanha-da-fraternidade-2018

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br