English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

MUTS transforma comunidade

19 de setembro de 2018

O projeto “Moradia Urbana com Tecnologia Social – MUTS” é promovido pela Fundação Banco do Brasil e tem por objetivo a reaplicação de tecnologias sociais, complementarmente ao trabalho social já previsto pelo “Minha Casa, Minha Vida – MCMV”, como instrumento de promoção do desenvolvimento social, nos empreendimentos habitacionais do programa, administrados pelo Banco do Brasil. Para coordenar o MUTS no Residencial Guenoas, localizado em Bagé, a Cáritas RS foi credenciada e escolhida pela Fundação para implantar o projeto, que visa promover a cidadania, a consciência de direitos e deveres, bem como, promover integração e cooperação entre os moradores e também oferecer uma oportunidade de geração de trabalho e renda.

O residencial Guenoas, foi projetado para receber 300 famílias beneficiadas. O empreendimento custou R$ 18 milhões e contemplou os cadastrados na faixa um do programa Minha Casa, Minha Vida. Ao todo, são 12 blocos, sendo 11 com 24 apartamentos e um com 36. Em média de 1,2 mil pessoas estão morando no empreendimento, que foi concebido já prevendo a execução do projeto MUTS.

Considera-se tecnologia social todo o produto, método, processo ou técnica, criado para solucionar algum tipo de problema social e que atenda aos quesitos de simplicidade, baixo custo, fácil aplicabilidade (e reaplicabilidade) e impacto social comprovado. É toda prática advinda da combinação do saber popular com a tecnologia convencional para conquistar algum objetivo. No caso do Residencial Guenoas, estão sendo implementadas, desde fevereiro de 2018 e por um período de um ano, as seguintes tecnologias:

1- Transformando Realidades pela Mobilização e Organização Comunitária

Desenvolvida pela rede internacional de ação comunitária chamada Interação , ela está capacitando os participantes para desenvolver autorecenseamento, educação financeira, criação de grupos de apoio local (reunindo prefeitura, Cáritas RS e Cáritas Bagé, Banco do Brasil e residentes do Guenoas). Estas ações possibilitaram que os moradores do empreendimento possam se integrar, conhecer a realidade, dificuldades, capacidades e limitações deles mesmos. Esta iniciativa já gerou alguns produtos em prol do bem comum como a devolutiva do recenseamento (dados demográficos, econômicos e sociais da população do Guenoas), conhecimento dos aparatos sociais do entorno, empoderamento e cidadania, capacitação para controle de ganhos e gastos pessoais, já prevendo o pagamento da prestação do imóvel adquirido pelo MCMV. Também está sendo criado um catálogo de serviços e produtos oferecidos pelos próprios moradores do local, potencializando a renda dos trabalhadores do residencial.

2- Joias Sustentáveis

Foi escolhida pelos moradores do Genoas, dentre as quatro tecnologias disponíveis pela Fundação Banco do Brasil. As bijuterias geradas por essa tecnologia são chamadas de joias sustentáveis porque o processo de produção busca o equilíbrio entre as dimensões ambiental, social e econômica. As joias são confeccionadas reaproveitando materiais que normalmente seriam descartados no lixo.

Joias Sustentáveis produzidas pelos moradores do Residencial Guenoa.

Além de capacitar as participantes na confecção, a tecnologia intercala os momentos de fabricação com atividades de conscientização ecológica, desenvolvimento e boa convivência social. Complementando este ciclo, as integrantes também puderam anteriormente visitar espaços de comercialização de Economia Popular Solidária, como a FEICOOP de Santa Maria e o Encontro de Mulheres na Economia Solidária de Bagé. E ao fim deste primeiro encontro de aprendizado, programaram expor e vender os produtos na mateada realizada em 15/9, evento de integração e convivência no Guenoas.

Alice Helena da Rosa, moradora do residencial, se sente agradecida pela oportunidade e afirma que: – Com um pouquinho de cada um dá para mudar o “mundo” de alguém, ou de muitos… e por que não de todos?! Meu muito obrigado a todos os envolvidos”.

 

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

campanha-da-fraternidade-2018

campanha-da-fraternidade-2018

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br