English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Povos indígenas participam pela primeira vez da Romaria da Medianeira em Santa Maria

11 de novembro de 2019

Segundo a Brigada Militar em torno de 500 mil devotos participaram da Romaria. (foto: Arquidiocese de Santa Maria)

Aproximadamente 100 indígenas participaram da 76ª Romaria Estadual da Medianeira no último domingo (10), em Santa Maria. As Comunidades Kaigang e Guarani e mais Representação Indígena Terena carregaram a imagem de Nossa Senhora a partir da Avenida Medianeira na entrada do Altar Monumento, durante a procissão.

Os grupos foram articulados e organizados através do Projeto Esperança/Cooesperança, coordenado pela Irmã Lourdes Dill, vice-presidente da Cáritas Brasileira, e das professoras das Escolas Indígenas. O momento foi uma sintonia com o Sínodo da Panamazônico onde o Papa Francisco convidou um grupo significativo de Indígenas para participar em outubro passado do Sínodo em Roma.

O convite aos indígenas foi feito pelo Padre Ruben Natal Dotto, Reitor do Santuário Basílica da Medianeira e da Equipe da Romaria, com a confirmação do Arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert.

A ROMARIA – O maior evento religioso do estado do Rio Grande do Sul, promovido pela Arquidiocese de Santa Maria, neste ano teve como tema “Com Maria às pressas em missão” e o Lema “Ó vem conosco, vem caminhar, Santa Maria, vem!”. A procissão começou na Catedral Metropolitana de Santa Maria, às 8h30min, percorrendo as principais ruas da cidade até o Altar Monumento, onde foi celebrada a Missa Campal presidida pelo Bispo Diocesano de Rio Grande, Dom Ricardo Hoepers, e concelebrada pelo Arcebispo Dom Hélio Adelar Rubert, o Reitor do Santuário Basílica, Padre Ruben Natal Dotto, entre outros religiosos.

Conforme informações da Arquidiocese, durante a caminhada de aproximadamente três quilômetros, devotos pagavam promessas, alguns de joelhos, outros de pés descalços, crianças vestidas de anjo, jovens, adultos, crianças e idosos de todas as idades e todas as raças dando suas demonstrações de amor, fé e devoção à Santa. Muitos devotos carregaram imagens da Mãe Medianeira, roupas de familiares, velas, flores dedicadas a Santa e demais objetos como demonstração de fé e religiosidade.

Segundo a Brigada Militar, mais de 500 mil pessoas participaram da procissão.

 

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

campanha-da-fraternidade-2019

campanha-da-fraternidade-2019

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br