English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Programa de Prevenção de Emergências

A Cáritas Brasileira – Regional do Rio Grande do Sul por mais de 20 anos contou com a parceria da Cáritas Alemã que neste período apoiou um Fundo de Emergências, destinado a garantir apoio e socorro imediato a famílias e comunidades atingidas por eventos extremos e desastres socioambientais. O Fundo de Emergências era acionado para aquisição de itens como cobertores, colchões, alimentos, materiais de higiene e limpeza, entre outros que eram distribuídos às pessoas afetadas por tempestades e desastres.  

Em 2009 iniciou-se a discussão sobre a necessidade de ampliar e aprofundar essas ações, dando um caráter de continuidade e trabalhando sobre as causas dos recorrentes desastres socioambientais, mas sobretudo, focando no aspecto da prevenção. Essa reflexão, provocada também pela Cáritas Alemã, culminou na construção do Projeto Prevenção de Emergências, construindo comunidades mais seguras – PEE – que, desde 2010, tem a prevenção como perspectiva principal para o enfrentamento das situações de emergências.

 Desde então, o projeto promove atividades de formação para refletir sobre o modelo de desenvolvimento vigente e seus impactos nos territórios, no planeta e no clima, assim como debater sobre a Política de Proteção e Defesa Civil, responsável pelas ações de prevenção, atendimento, preparação e recuperação em relação às emergências. São realizadas também atividades prático-pedagógicas que oportunizam, por um lado, a reflexão sobre programas e lógicas de desenvolvimento que não respeitam a natureza e as populações, e, por outro lado, suscitam práticas alternativas coletivas de enfrentamento à algumas vulnerabilidades e que apontam para possibilidades eficazes, simples, ao alcance de cada indivíduo e das comunidades.

Como resultado desse processo prático-reflexivo foram realizados até o final de 2013, 8 mutirões de limpeza do meio ambiente, construção de 10 cisternas (6 em escolas e outras 4 assim distribuídas: em um lar de idosos, para um grupo de agro-ecologistas, para um viveiro municipal e outra para duas famílias), mapeamento dos recursos hídricos das famílias de 5 municípios, iniciativas de coleta de óleo saturado para fabricação de sabão, recolhimento de pilhas, entre outras ações.

Mas, a principal causa de situações de emergências ocorridas no Rio Grande do Sul, segundo constatações da Defesa Civil Estadual é a seca, ou estiagem que ocorre silenciosamente e traz muitos prejuízos e sofrimentos, de modo especial para as propriedades da agricultura familiar, responsáveis por mais de 70% da produção de alimentos no Brasil. Para responder a esse desafio, o projeto oportunizou a recuperação ou proteção de 160 fontes nas propriedades da agricultura familiar, em 7 municípios. Outras 46 foram feitas por iniciativa de pessoas que participaram de alguma ação de recuperação e replicaram na sua propriedade. Portanto, em 3 anos foram mais de 200 fontes protegidas, mais árvores plantadas, meio ambiente mais preservado, trazendo segurança alimentar às famílias que, tendo água, podem permanecer no campo. 

A experiência de recuperação de fontes foi reconhecida como tecnologia social pela Fundação Banco do Brasil, em 2013, por sua metodologia simples, replicável, dispendendo poucos recursos e pelo impacto positivo no meio ambiente e na qualidade de vida das famílias. 

Destaca-se também como principal recurso metodológico para a execução das atividades, o incentivo ao trabalho coletivo e a construção de parcerias com entidades (igrejas, sindicatos, movimentos sociais…) administrações municipais e comunidades. Esse modo de atuar trouxe comprometimento coletivo e sentimento de pertença para com o projeto e, por isso, comunidades mais sustentáveis e seguras porque com maior consciência e prática de cuidado socioambiental.

Clique na imagem abaixo para ver a Revista do Programa de Emergências da Cáritas RS em formato PDF

ppe

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br