English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Rede Cáritas RS marca presença nos movimentos do Dia Mundial da Mulher – 8 de março

09 de março de 2017
MATERIA DESTAQUE

Em todo o Brasil a Rede Cáritas marcou presença nos atos do dia 8 de março – Dia da Mulher e Greve Internacional das Mulheres – que foram protestos contra o feminicídio, as desigualdades, todas as formas de violências contra as mulheres, a exploração no mercado de trabalho e na economia, desumanização feminina, entre tantas outras questões. A maior temática abordada nas ruas foi o caso da Reforma na Previdência Social que, se realmente for aprovada, vai retirar direitos já adquiridos de todo o povo brasileiro, mas, em especial, vai atingir com grande impacto negativo as mulheres e trabalhadores(as) do campo. “Ruim para todos, pior para as mulheres”.

Entenda aqui o que está sendo proposto com a Reforma, e o que vai piorar.

A cobertura das ações da Rede Cáritas no Brasil no dia 8 de pode ser vista no site da Cáritas Brasileira, na página especial da Semana da Mulher, neste link.

No Rio Grande do Sul, as Cáritas também foram às ruas para lutar pelos direitos das Mulheres. Veja abaixo um breve relato de cada região.

Porto Alegre

O Secretariado do Rio Grande do Sul participou da Marcha das Mulheres, que, ao longo do dia, tratou de diferentes questões relacionadas às mulheres. Pela manhã, o grupo seguiu da sede da Previdência Social, no centro, aonde protestavam contra Reforma proposta pela PEC 287, em direção à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul para participar do Seminário “O impacto da reforma da Previdência nada vida das mulheres trabalhadoras”. No final da tarde, as Mulheres da Cáritas RS se uniram ao grande grupo que, segundo a Brigada Militar chegou a ter 3 mil pessoas, na Esquina Democrática, dando continuidade aos protestos do Dia.

Segundo o site de notícias Sul21, na parte final das manifestações, entre os principais pontos da agenda de lutas das mulheres estavam a Reforma da Previdência, os governos Temer e Sartori, com algumas menções já ao governo de “Júnior” (Nelson Marchezan Jr., o novo prefeito da capital gaúcha), o machismo, a violência e todas as formas de discriminação que ainda fazem parte do cotidiano das mulheres.

“As diferentes formas de violência contra a mulher dominaram as intervenções. Desde as 17h, a Esquina Democrática começou a ser ocupada fundamentalmente por mulheres de diferentes idades e movimentos sociais. Sindicalistas, professoras, estudantes, feministas, trabalhadoras de diferentes setores, todas conformaram em um grande bloco que poderia ser identificado pela palavra de ordem Nenhuma a menos.” (Fonte: Site Sul 21)

“Nem recatada, nem do lar, a mulherada tá na rua pra lutar”, diziam.

Veja aqui o álbum de fotos da Cáritas RS no Facebook.

NOTICIA

Marcha reuniu milhares de mulheres na região central da Capital | Foto por Guilherme Santos-Sul21

Marcha reuniu milhares de mulheres na região central da Capital | Foto por Guilherme Santos-Sul21

Santo Angelo

Um encontro de formação em Salvador das Missões marcou o Dia Internacional da Mulher na Diocese de Santo Ângelo. O evento reuniu 217 mulheres trabalhadoras rurais e urbanas. Contribuíram como palestrantes no evento a Dra. Nelida Rosa Zorzan da Luz de Porto Xavier sobre o tema da saúde e a Dra. Andréia Czichocki de Guarani das Missões sobre o tema da reforma da Previdência Social na perspectiva de gênero.

Foram promotores do evento a Prefeitura Municipal de Salvador das Missões, o Movimento de Mulheres Camponesas, a Cáritas Diocesana de Santo Ângelo, o Conselho Municipal de Clube de Mães e o Colégio Estadual João de Castilho. Também contou como apoio de várias empresas de Salvador das Missões e Cerro Largo que doaram prêmios para sorteio entre as participantes.

As entidades promotoras comprometeram-se no decorrer do ano de 2017 mobilizar e organizar a Liga Feminina de Combate ao Câncer no município de Salvador das Missões.

SANTO ANGELO

Passo Fundo

Na Arquidiocese de Passo Fundo, o Dia foi de festejar os avanços conquistados e enfatizar as muitas lutas que ainda estão em curso. Foi um dia de denúncia, de anúncio e reivindicação, pois ainda enfrentam-se casos de violência cotidiana e a Cáritas da região se sente comprometida a continuar lutando para mudar a realidade.

Durante toda a semana ocorreram debates e diversos momentos de reflexão, organizados pelo Conselho Municipal de Direitos da Mulher – COMDIM e a Coordenadoria da Mulher: na segunda-feira, dia 06, foi a abertura da Semana Municipal da Mulher na Câmara de Vereadores; na quarta-feira, dia 08 de março, aconteceu um seminário na Academia Passo-Fundense de Letras e exposição de trabalhos no saguão da Faculdade de Direito, seguido pela “Marcha Luminosa da Mulheres” e “Maria, vem com as outras”. Ao decorrer do mês ainda acontecem outras atividades, conforme cronograma abaixo:

15/03– 08h30 – debate: legalização do aborto; Projur mulher – Salão de atos da Faculdade de Direito/UPF;

16/03 – 10h mesa redonda 1: encarceramento feminino; mesa redonda 2: gênero e consumo – Projur mulher – Salão de atos da Faculdade de Direito/UPF;

17/03 – 19h20 – Palestra: a importância do feminismo e o combate à violência contra a mulher; Projur mulher – Salão de atos da Faculdade de Direito/UPF;

Além de toda programação já citada, a Cáritas Arquidiocesana de Passo Fundo vai realizar no dia 08 de abril, na Paróquia Santo Antônio, o 13º Encontro Arquidiocesano de Mulheres com o tema “Mulher, história de luta e resistência em favor da vida”. Contará com assessoria da Assistente Social, Jacira Dias, assessoria da Cáritas RS, e reunirá grupos de mulheres acompanhados pela Cáritas de toda arquidiocese e entidades parceiras. O encontro tem como objetivo celebrar a caminhada dos grupos de mulheres, refletir sobre os retrocessos que estão acontecendo nas políticas públicas e a partir do testemunho das mulheres da Bíblia, fortalecer a luta das mulheres por melhores dias.

Caxias Do Sul

Na Diocese de Caxias do Sul aconteceu a Marcha das Mulheres. Pela manhã a concentração foi na Praça, iniciando a caminhada pela Avenida Júlio de Castilhos até a Rua Visconde de Pelotas, com o final na frente da agência do INSS. No local, houveram algumas falas e, simbolicamente, foi queimado o Projeto de Lei. “Mulheres Caxienses contra a Reforma da Previdência e Nenhum Direito a Menos”: o evento teve a participação de diferentes entidades, e, nós da Cáritas Diocesana de Caxias do Sul, aderimos a ele, juntamente com a Escola de Formação, Fé, Política e Trabalho.

CXS - MARCHA DAS MULHERES 2017 6 (4)

CXS -Solange de Moraes Guerra (representando a Cáritas e a EFFPT), Caroline Guindolfi (representante da PJ de Caxias do Sul) e Angela Brum (representante da Cáritas e também da

CXS - MARCHA DAS MULHERES 2017 6 (7)

CXS - MARCHA DAS MULHERES 2017 6 (6)

Rio Grande

As agentes da Cáritas Diocesana do Rio Grande estiveram participando do Ato Público para celebrar o Dia Internacional da Mulher, que se realizou no coreto da Praça Tamandaré, na tarde do dia 08 de março. O evento foi promovido pelo Conselho Municipal do Direito da Mulher, com o tema: “Nenhum direito a Menos”. A contribuição da Cáritas para este evento foi dialogar com as mulheres e população que circulavam pela praça sobre a importância de lutar pelos direitos, refletir sobre a atual conjuntura do país e de valorização e missão do ser Mulher.

A programação contou com oficina Kizomba – boneca Abayomi, oficina da Batucada Feminista, tribuna popular, varal fotográfico, tendas de aconselhamentos jurídicos e de matrícula no EJA, aula pública e marcha pelos direitos das mulheres. O ponto alto foi a aula pública sobre Reforma Previdenciária e seus impactos na Mulher trabalhadora.

Internamente, estava marcado para este dia a reunião da equipe diretiva da Cáritas Diocesana, onde celebramos também o Dia Internacional da Mulher, lendo a Mensagem: As singularidades da Mulher e confraternizamos com Bolo. Foi um dia significativo e de reflexão para @s caritativ@s.

NENHUM DIREITO A MENOS!

#NenhumDireitoAMenos #NenhumaAMenos #DiadaMulher #8M#MulheresCaritas #CaritasBrasileira

Por Aline Gallo, Assessora de Comunicação Cáritas RS

Colaboração de:

Lisiane Quevedo (Cáritas Santo Ângelo)

Solange Guerra (Cáritas Caxias do Sul)

Ir. Ariete Dagostin (Cáritas Rio Grande)

Assessoria de Comunicação da Cáritas Arquidiocesana de Passo Fundo

Apoio para conteúdo: matéria do site de notícias Sul 21 “Mulheres fazem marcha histórica: ‘Eu sozinha ando bem, mas com você ando melhor’.”

 

 

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Recentes

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br