English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Seminário dá início às atividades do Projeto “Saneamento Básico Rural – Fonte de vida e proteção dos recursos naturais” que será executado pela Cáritas RS

24 de março de 2017

No #DiaMundialDaÁgua, 22 de março, a Cáritas RS esteve envolvida no primeiro Seminário do Projeto “Saneamento Básico Rural – Fonte de vida e proteção dos recursos naturais”, que tem o objetivo de contribuir para o debate do saneamento básico rural e a disseminação de estratégias de preservação e recuperação de recursos naturais. O seminário aconteceu em Porto Alegre, e, assim como todo o Projeto, conta com o apoio do Fundo Nacional de Solidariedade (resultado da Campanha da Fraternidade).

Com o total de 20 participantes, contamos com a presença das Cáritas (Arqui)Diocesanas de Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Pelotas, Vacaria, Santo Angelo, Erechim e Santa Maria, mais representantes de entidades/projetos parceiros como o Fabio Forjiarini da Emater/RS (Agudo) e Mario Barcelos da Escola Tecnica Estadual Achilino de Santis (Santo Antonio das Missoes).

Falaram Jacira Dias, assessora da Cáritas RS, sobre a composição e situação das Bacias Hidrográficas do RS // Roseli Dias, assessora da Cáritas, com uma exposição dialogada sobre a política de Sanemanto Básico // Dilton Castro da ONG Anama Maquiné sobre o tratamento e reuso de águas residuais no meio rural sem o uso de nenhum tipo de energia, somente pela “força da gravidade”.

IMG_0040

Roseli Dias, assessora da Cáritas, expôs um histórico do saneamento básico e abordou a sua política atual no país

IMG_0021

Jacira Dias, assessora da Cáritas e Coordenadora do Projeto de Prevenção de Emergências , apresentou a composição e situação das Bacias Hidrográficas,

IMG_0047

Dilton Castro, da ONG Anama Maquiné, falou sobre o tratamento e reuso de águas residuais no meio rural sem o uso de nenhum tipo de energia, somente pela “força da gravidade”.

Ao longo do seminário os participantes mostraram uma preocupação muito grande com a preservação da saúde da água e como podemos conscientizar a sociedade sobre a importância deste bem para toda a humanidade. Ações individuais podem, sim, fazer diferença; no entanto, também devemos cobrar de nossos governantes o devido tratamento e cuidado com o todo. Grande parte dos produtos de higiene e químicos de limpeza que usamos no nosso dia a dia é nocivo à saúde da água. Em um nível mais amplo, o uso de agrotóxicos nas plantações, dentre tantos outros exemplos, também prejudica a água e polui o lençol freático e, consequentemente, as nascentes > rios > mares. Ou seja, no fim, nós todos somos os prejudicados.

Esta foi a primeira atividade que está acontecendo dentro do Projeto “Saneamento Básico Rural – Fonte de vida e proteção dos recursos naturais” que irá, ao longo do ano, fazer outras 3 edições de seminários debatendo questões relativas ao saneamento básico, além de atividades práticas como recuperação de fontes de água, construção de cisternas e biofiltros com a tecnologia das “águas usadas” (cinzas e negras) realizadas nas 4 (arqui)dioceses que estão dentro do projeto: Santa Cruz do Sul, Vacaria, Santo Angelo e Santa Maria. Nos seminários há possibilidade de  representantes de todas as Cáritas do estado participarem.

Recomendamos os seguintes documentários:

A Guerra da Água – Assista no Youtube

Tambien lluvia – Assista no youtube

dia da agua 2017 CB

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

campanha-da-fraternidade-2019

campanha-da-fraternidade-2019

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br