English
Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Seminário em Vacaria debate o papel da mulher na sociedade

06 de setembro de 2019

No dia 22/8, aconteceu o I Seminário – “Lugar de Mulher: Onde Ela Quiser”, na cidade de Vacarias. As atividades ocorreram no Salão Paroquial da Catedral Nossa Senhora da Oliveira. O evento foi promovido pela Caritas Diocesana de Vacaria, Centro de Integração e Desenvolvimento Nossa Senhora das Graças – CEIDEC, e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul – IFRS Campus Vacaria, além de outras entidades apoiadoras. A iniciativa teve por objetivo “despertar a atenção dos participantes para as questões que as mulheres enfrentam na sociedade atualmente, como violência doméstica e o empreendedorismo feminino, além de outros temas”.

No período da manhã, os destaques da programação foi a palestra “Violência Doméstica Contra a Mulher” proferida pela Doutora Bianca Acioly de Araújo, promotora de justiça criminal de Vacaria e coordenadora do Projeto Acolher. O qual relatou que quando o projeto iniciou sua atuação, o município ocupava a oitava posição entre os que apresentavam o maior número de ocorrências de violência doméstica. Quatro anos, a posição caiu para o 34º lugar no estado.

A redução deste índice de violência doméstica, além do Projeto Acolher do Ministério Público, também se deve a atuação da rede de proteção a mulher vítima de violência doméstica. Foi implantada em Vacaria uma casa para acolher as mulheres e filhos que tiveram que sair do lar, ações que auxiliam as vítimas a obterem uma renda e ainda uma série de encontros com os agressores. A promotora espera que esses índices sejam cada vez melhores e destacou que para isso acontecer é preciso que as mulheres rompam o silêncio para que haja prevenção dos episódios de violência.

Após esta colocação, Lucia Garcia, economista e especialista em teoria econômica, Técnica e Professora da Escola de Ciências do Trabalho do DIEESE, palestrou sobre a atuação da mulher no mercado de trabalho – Novas fontes alternativas frente ao desemprego, visando o despertar para empoderamento feminino na sociedade, e contribuir para a potencialização dos pequenos grupos de geração e renda para mulheres, o qual estavam participando com exposições e comercialização dos produtos.

No período da tarde teve as seguintes oficinas:

I – A resistência das comunidades quilombolas por meio da força das mulheres –  Alunas do IFRS – campus Sertão. Projeto Narrativas Orais nas Comunidades Quilombolas da Região Norte do Rio Grande do Sul – Uma Proposta de Trabalho na Escola;

II – Preparação de chás, emplastros e compressas com plantas medicinais – Carla Azambuja Centeno Bocchese e Léa Maria Pereira Ribeiro;

III – Violência Doméstica Contra a Mulher: Realidade da Região dos Campus de Cima da Serra – Roseni Silveira dos Santos;

IV – Desinibição e oratória: como vender bem seu peixe – Profª Juliene Marques (IFRS);

V – Empreendedorismo Feminino – Profª Renata Gonçalves Rodrigues (IFRS);

VI – Empreendedorismo Social – Me. Egidiane Michelotto Muzzatto;

VII – Direitos Humanos – Profª Lilian Cordeiro (IFRS);

VIII – Presença e importância da Mulher na Política – Vereadoras: Selmari da Silva, Rita Zamboni e Vanessa Boeira;

IX – Clube de Pães, Transformação e Desenvolvimento Social – Grupo Amada Massa;

X – Constelação Sistêmica e Familiar Xamânica: um olhar para o feminino – Professora Eliane Borges

Encerramento e entrega de Certificados: 17h

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

campanha-da-fraternidade-2019

campanha-da-fraternidade-2019

Contato

Cáritas Rio Grande do Sul
Rua Coronel André Belo, 452/3º andar
Cep: 90110-020 - Menino Deus


Porto Alegre/RS
(51) 3272.1700

caritasrs@caritasrs.org.br